Skip to content

Teodeberto II

Teodeberto II (586-612) foi rei da Austrásia, de 595 a 612. Por conselho da sua avó Brunequilda lutou contra o seu irmão Teodorico II, rei da Borgonha, que o venceu, encarcerou e mandou matar.

Cornélio Tácito

Tácito (55-129) foi um historiador latino, nascido provavelmente em Interamna, hoje Terni. No ano 78 casou com a filha do governador da Bretanha, Agrícola. Exerceu vários cargos: questor (79), pretor (88) e cônsul (97).

Escreveu, com o estilo mais pessoal da literatura latina, que por vezes parece-nos denso, pela sua concisão, uma série de obras que compreendem os Diálogos dos oradores; Agrícola, biografia do seu sogro; Germânia, um esboço valioso dos costumes e carácter dos povos germânicos; Histórias, descrição dos reinados dos imperadores de Galba a Domiciano, obra incompleta; e Anais, história do Império desde a morte de Augusto até à de Nero (14-68), em dezasseis livros, dos quais oito chegaram até nós intactos, quatro fragmentados e os restantes perderam-se.

Caio Suetónio Paulino

Caio Suetónio Paulino (século I) foi um general romano que submeteu os Mauritanos (42) e os Britânicos (59-61) em expedições punitivas. Cônsul em 66, combateu nas fileiras de Otão contra Vitélio, que, vencedor em Bedriac (69), lhe poupou a vida.

Caio Suetónio Tranquilo

Suetónio (75-160) foi um historiador latino, nascido em Roma. Secretário do imperador Adriano, escreveu em estilo claro e conciso Vidas dos Doze Césares, excelente fonte de informação acerca dos imperadores romanos do século I, apesar de abundarem referências escandalosas. Escreveu ainda De Viris Illustribus, com biografias de personagens como Terêncio, Horácio, Pérsio, Lucano, Juvenal e Plínio, o Velho.

Tratado de Adams-Onís

O Tratado de Adams-Onís foi assinado entre a Espanha e os Estados Unidos da América, em 1819, em virtude do qual os Estados Unidos adquiriram a península da Flórida por 5 milhões de dólares e no qual se comprometeram a satisfazer as reivindicações dos seus cidadãos face à Espanha. O tratado incluía também a renúncia por parte da Espanha aos seus direitos sobre o oeste da Flórida.

Túpac Amaru I

Rei inca de Vilcabamba (1571-72), que encabeçou várias revoltas contra a dominação espanhola. Aprisionado por Martín de Hurtado de Arbieto, foi mais tarde executado.

Túlio Hostílio

Túlio Hostílio foi o terceiro rei de Roma, em cuja época se deram as lutas contra Alba, decididas entre os combates dos três Horácios contra os três Curiácios. Reinou de 673 a 642 a.C.

Templo Romano de Évora

Mais conhecido, erradamente, por Templo de Diana, terá sido possivelmente dedicado ao culto do imperador e conserva as seis colunas da retaguarda e algumas laterais; na Idade Média foi convertido em torreão, e mais tarde utilizado como açougue, tendo sido restaurado em 1870.

O Templo Romano de Évora localiza-se no Largo do Conde de Vila Flor, freguesia da Sé, cidade, concelho e distrito de Évora, estando classificado como Monumento Nacional.

Táutalo

Táutalo foi um caudilho lusitano do século II a.C. Reagrupando as hostes lusitanas após a morte de Viriato, tentou expulsar os invasores romanos, mas teve de render-se a Servílio Cipião.

Pietro Tacca

Pietro Tacca (1577-1640) foi um bronzista italiano, nascido em Carrara. Discípulo de João de Bolonha, é famoso pela estátua de Bernardo III, os escravos do monumento a Fernando de Médicis, as estátuas equestres de Henrique IV de França e Filipe IV de Espanha e o monumento à Justiça em Florença. Não menos interessantes são as suas obras em aldrabas e candelabros.