Skip to content

Diamante Koh-i-Noor: montanha de luz ou de escuridão?

Duas lendas realçam o brilho do diamante Koh-i-Noor: uma afirma categoricamente que o seu possuidor governará o mundo; outra adverte que nunca deverá ser usado por um homem.

Koh-i-Noor significa Montanha de Luz. Noutro tempo, porém, a pedra refulgiu tragicamente sobre as catástrofes que arrasaram dois poderosos impérios.

Pertenceu ao imperador mogol Mohammed, vencido por Nadir, xá da Pérsia, e viu o seu novo proprietário morrer durante uma revolta que se verificou no palácio, no ano de 1747.

Cem anos mais tarde, era a mais brilhante das jóias da coroa do Império Sikh, quando as suas terras foram conquistadas pelos colonizadores mundiais ingleses – no reinado da rainha Vitória.

Desde então tem brilhado sobre as cabeças de três rainhas da Inglaterra. Nenhum rei inglês jamais a usou.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options