Skip to content

Origem das árvores de Natal

O reformador protestante do século XVI Martinho Lutero foi uma das primeiras pessoas a ter em casa, no Natal, uma árvore iluminada por velas. O seu propósito era apenas iluminar a casa. Mas o culto da árvore tem raízes muito mais profundas na história alemã.

Nos tempos pagãos, as árvores eram consideradas símbolos da fertilidade, pois as suas folhas rebentavam após o inverno, facto, provavelmente, em função do qual a árvore se converteu num símbolo da celebração do nascimento de Cristo.

A escolha recaiu, possivelmente, sobre o abeto e o pinheiro, porque estas árvores se encontram verdes na altura própria e devido também às suas formas, que lembram um campanário.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options