Skip to content

Colosso de Rodes

Segundo um escritor contemporâneo, existiram na Antiguidade, 3 000 estátuas, sendo 100, de medidas colossais, na rica ilha de Rodes. Entre elas achava-se a mais famosa estátua gigante da Antiguidade, o colosso de Rodes: Hélios, o deus do Sol, fundida em ferro. Segundo parece, deveria ter uma altura de 30 a 40 metros, um peso de 70 toneladas, e as pernas assentes sobre a entrada do porto de Rodes. Na mão sustentava um archote aceso.

No século IV a.C., segundo a tradição, após a vitória sobre o rei macedónio Demétrio Poliorcetes, os habitantes de Rodes decidiram fundir uma estátua em honra do seu deus protetor.

Demétrio havia cercado a ilha durante muito tempo, mas abandonara o cerco por o considerar infrutífero. Diz-se que então os habitantes de Rodes venderam os despojos constituídos pelas máquinas de guerra abandonadas no acampamento macedónio e empregaram o produto dessa venda na fundição da estátua.

A obra foi confiada ao escultor Chares. Os primeiros esboços começaram em 291 a.C. Foi concluída doze anos mais tarde. Manteve-se durante pouco mais de cinquenta anos no mesmo lugar. Um terramoto assolou Rodes, derrubando o colosso. Sobre o pedestal não ficaram mais do que os restos dos seus enormes pés.

Em 653, os restos da estátua foram vendidos a um comerciante judeu de Edesa, que os repartiu por 900 cargas de camelo e os fundiu em terra firme. Deste modo, não subsiste qualquer vestígio da estátua de Hélios, uma das mais célebres maravilhas da Antiguidade.

Ninguém sabe com exatidão que aparência tinha o colosso de Rodes, mas «em todo o caso, o seu aspecto deveria ser indescritivelmente horroroso, de mau gosto, repelente e, além disso, indecente ao mais elevado grau», segundo uma opinião negativa de Willy Haas, quando soube dos projetos de reconstrução do colosso em prol do turismo.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options