Skip to content

Um homem às portas da morte evoca a sucessão de todos os momentos da sua vida?

Os poetas e romancistas são largamente responsáveis pela divulgação da noção de que a vida passada ocorre ao espírito nos momentos que antecedem a morte. Ninguém regressou do túmulo para confirmar esta crença largamente difundida. Mas há muitos casos de pessoas salvas de uma morte iminente que refutaram a ideia.

Um inglês, A. R. Bayley, salvo de morrer afogado, escreveu em 1916: «Lembro-me de que julguei que tinha chegado ao fim, mas não pensei nos acontecimentos da minha vida passada.»

Um piloto abatido em 1918 declarou, após o avião se ter despenhado: «Tinha a certeza de que ia morrer. Só pensei na minha namorada em Inglaterra.»

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options