Skip to content

Charles Ribart e o elefante esquecido

Lamentavelmente, pouco resta da obra realizada pelo arquiteto francês Charles Ribart, que viveu no século XVIII, o qual, numa época em que a moda era a grandiosidade, foi um arquiteto dotado de verdadeiro sentido do humor.

Em 1758 Ribart planeou um espantoso acrescento aos Campos Elísios, em Paris, que deveria ser construído onde atualmente se ergue o Arco do Triunfo. Era um edifício com três pisos, em forma de elefante, com uma sala de baile a que se tinha acesso através de uma escada em caracol situada na zona inferior do ventre do animal.

O edifício disporia de ar condicionado e mobiliário embutido nas paredes. O sistema de drenagem seria incorporado à tromba do elefante. Mas o Governo francês não aprovou a ideia, em consequência do que recusou o plano apresentado.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options