Skip to content

Uma mala à prova de água

O salvamento de náufragos era uma ideia dominante na era vitoriana que inspirou numerosas invenções excêntricas e impraticáveis, uma das quais com possibilidade práticas de utilização – a mala-cinto de salvação.

Inventada por um alemão de nome Krenkel na década de 1880, a mala apresentava painéis circulares na tampa e na base, que podiam ser rapidamente retirados. O utente introduzia então na cavidade um vedante de borracha à prova de água e ajustava seguidamente a mala em torno do corpo.

Tal dispositivo manteria, provavelmente, quem o utilizasse a flutuar durante algumas horas. Apresentava ainda a vantagem de permitir a um cavalheiro descobrir-se cerimoniosamente, saudando qualquer dama que passasse a flutuar nas proximidades.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options