Skip to content

Voltar o polegar para baixo era sinal de morte na arena romana?

Um quadro da autoria do pintor francês Jean Léon Gérôme (1824-1904), exposto pela primeira vez em 1873 e que se difundiu largamente sob a forma de gravura, representa um imperador romano com o polegar virado para baixo, indicando assim ao gladiador que matasse o seu oponente caído. Reside eventualmente neste quadro a origem da lenda sobre o gesto, pois, tanto quanto se sabe, o polegar voltado para baixo aparentemente não exprimia o desejo de morte.

Uma tradução feita em 1693 das Sátiras, de Juvenal (60-128 d.C.), transcreve a frase «onde com polegares dobrados para trás a plebe mata». O latinista John Mayor, na sua edição de 1853 da obra de Juvenal, explicava: «Aqueles que desejam a morte do gladiador vencido voltavam os polegares em direção ao peito, como sinal ao seu oponente para o trespassar com a espada; aqueles que desejavam que ele fosse poupado voltavam os polegares para baixo, indicando que a espada deveria cair.»

Os imperadores romanos consultavam previamente os espectadores antes de darem o sinal de vida ou morte a um gladiador vitorioso.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options