Skip to content

Marqueses de Sousa Holstein

Foi primeiro marquês D. Francisco de Borja Pedro Maria António de Sousa Holstein (1838-1878), filho do primeiro duque de Palmela. Formado em Direito pela Universidade de Coimbra, enveredou pela carreira diplomática, exercendo os cargos de adido e secretário em Roma e em Florença, então a capital italiana.

Dedicou-se ao estudo de História da Arte e conseguiu obter para a universidade em que cursou diverso material mineralógico e obras de Medicina. De regresso a Lisboa foi designado inspetor da Academia de Belas-Artes. Foi gentil-homem da Câmara de D. Luís, oficial da Casa Real, deputado e par do Reino.

Foi grã-cruz da Ordem de São Maurício e de São Lázaro (Sardenha), comendador das de Sant'Lago e de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, de São Gregório Magno (Santa Sé) e da Águia Vermelha (Prússia). O título foi-lhe concedido por D. Fernando II, regente na menoridade de D. Pedro V, através de decreto de 3 de setembro de 1855.

Sucedeu-lhe no título seu filho D. Luís de Sousa Holstein (1868-1935), também formado em Direito pela Universidade de Coimbra, deputado e par do Reino. Foi igualmente oficial da Casa Real e gentil-homem da Câmara Real. Em 2000, era titular D. Pedro de Sousa de Holstein Beck, sobrinho trineto do primeiro marquês.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options