Skip to content

Visconde de Silvares

Foi único visconde Alexandre de Faria e Sousa de Vasconcelos e Sá, do qual se desconhece em termos exatos a data de nascimento, tendo falecido em 1930. Depois de ter trabalhado no Ministério da Fazenda e ter sido oficial de Cavalaria, exerceu as funções de cônsul-geral do Paraguai em Lisboa.

Foi fidalgo-cavaleiro e moço-fidalgo da Casa Real. Foi comendador das ordens de Cristo, de Isabel, a Católica (Espanha), e da Estrela Brilhante (Zanzibar) e cavaleiro das de Leopoldo (Bélgica), do Santo Sepulcro (Santa Sé) e da Cruz Vermelha (Espanha). O título foi-lhe concedido por decreto de D. Carlos, datado de 23 de abril de 1891.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options