Skip to content

Colosso de Nero: a vaidade de um imperador

Os Romanos distinguiram-se pelas suas obras grandiosas e monumentais. O megalómano imperador Nero salientou-se entre os apreciadores da estatuária de dimensões gigantescas.

Mandou chamar o escultor Zenodoro, que se encontrava então na Gália, trabalhando numa estátua de Hermes, e ordenou-lhe que deixasse tudo e viesse para Roma, a fim de começar a trabalhar numa estátua de dimensões gigantescas que o representasse, capaz de satisfazer a sua vaidade.

Quando ficou concluída, media 31,8 metros da cabeça aos pés. No entanto, a tentativa realizada por Nero tendo em vista a criação de um testemunho perene da sua glória não sobreviveu ao seu suicídio, no ano 68 d.C. – altura em que a estátua foi dedicada a Apolo, escolhido como um deus pessoal pelo imperador Augusto.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options