Skip to content

António Tomás Botto

Nascido a 17 de agosto de 1897, em Abrantes, António Botto ficou conhecido como poeta, que evoca o quotidiano do bairro de Alfama e a celebração da beleza masculina.

Fernando Pessoa e José Régio foram seus admiradores e escreveram, nas décadas de 20 e de 30, vários artigos sobre a sua obra.

Para além da poesia, foi autor de ficção e escreveu também para teatro. Viveu em Alfama e em 1947 partiu para o Rio de Janeiro, onde faleceu a 6 de março de 1959.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options