Skip to content

Visconde de Sotomaior

Foi único visconde António da Cunha Sotomaior Gomes Ribeiro de Azevedo e Melo (1813-1893), diplomata de carreira, primeiro no México e depois na Dinamarca, em Copenhaga, e na Suécia, em Estocolmo, onde veio a falecer. Foi figura marcante na corte sueca, tendo convivido com distintos aristocratas do país.

Na Suécia passou bastantes anos, tendo-se integrado bem na sociedade deste país, ao ponto de ter recusado nomeações para outros cargos diplomáticos de maior relevância. Foi moço-fidalgo da Casa Real, alcaide-mor de Sousel, grã-cruz das ordens de Cristo, de Vasa e da Estrela Polar (Suécia), de Santo Olavo (Noruega), do Daneborg (Dinamarca) e de Nossa Senhora de Guadalupe (México).

Foi comendador das ordens da Rosa (Brasil), do Leão Neerlandês (Holanda) e de Carlos III, de Espanha. Foi ainda cavaleiro da Ordem de Malta. O título foi-lhe concedido por D. Luís, através de decreto datado de 12 de maio de 1865.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options