Skip to content

Perseguições de carro que fizeram história no cinema

Gostando a América tanto de automóveis, não é de admirar que as perseguições de carro se tenham tornado numa norma em muitos filmes de Hollywood. Carey Loftin é considerado um dos grandes duplos para essas perseguições e foi a sua perícia, juntamente com a de Steve McQueen, que fez com que a perseguição em Bullit se tornasse um modelo que depois foi seguido por outros realizadores.

A técnica até então usada para filmar este tipo de cenas era sentar a estrela num carro fixo ao solo do estúdio enquanto que uma sequência de condução era projetada por detrás do carro. Bullit foi totalmente filmado no exterior com câmaras fixas nos carros.

Na cena, que dura 12 minutos, McQueen perseguia bandidos nas íngremes ladeiras de São Francisco a cerca de 200 km/h. Os carros, que por vezes levantavam voo, tiveram de ser reforçados para aguentar os solavancos e choques. Na cena final, em que os bandidos chocam e são envolvidos numa bola de fogo, um carro sem condutor foi manobrado à distância para explodir no momento oportuno. Mesmo segundo os atuais critérios de filmagem, esta sequência ainda é espetacular.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options