Skip to content

Canuto ordenou ao mar que recuasse?

Não é verídica a história segundo a qual, ao ordenar às ondas que recuassem, o rei Canuto (995-1035) ficou encharcado. Se tal aconteceu, parece que o conto foi mal compreendido. A versão inicial, contrariamente à suposição popular, não apresenta o rei como um insensato, mas como um homem de grande humildade.

Aproximadamente um século após a morte de Canuto, Henry of Huntingdon escreveu, na sua Historia Anglorum, que o soberano, irado com a lisonja que lhe tributavam os seus cortesãos, os quais constantemente insistiam na sua capacidade para realizar qualquer feito, conduziu os seus aduladores até à beira-mar. Depois de ordenar inutilmente às águas que recuassem, Canuto declarou: «Que todos os homens saibam quão vão e inútil é o poder dos reis, pois não há nenhum digno desse nome, senão Aquele a quem o céu, a terra e o mar obedecem segundo leis eternas.»

Seguidamente, segundo Huntingdon, o rei Canuto nunca mais usou a coroa, que colocou na Catedral de Winchester.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options