Skip to content

A grande lapidação de Jacob Asscher

O enorme diamante nas mãos de Jacob Asscher atemorizava mesmo qualquer dos mais experientes lapidários do mundo. Eram 14 horas e 45 minutos do dia 10 de fevereiro de 1908, e Asscher preparava-se para partir o maior diamante da História – com cerca de 12,5 centímetros e 675 gramas de peso.

Rodeado por um grupo de assistentes que o observavam, na sede da sua companhia, em Amesterdão, Asscher colocou uma lâmina de aço própria para cortar diamantes sobre um sulco meticulosamente traçado na pedra. O mais ligeiro erro de cálculo reduziria o bloco a um montículo de fragmentos sem valor.

Asscher desferiu um golpe com um pesado martelo de aço – e a lâmina partiu-se. Asscher enxugou o suor da testa e pediu outra lâmina. À pancada seguinte, a pedra dividiu-se em duas – e Jacob Asscher desmaiou.

Quando voltou a si, o mestre joalheiro tinha duas peças de diamante de valor incalculável – uma pesando 411 gramas, outra 213. Continuou a cortar cuidadosamente até obter 105 diamantes.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options