Skip to content

Faces de Bélmez: fantasmas no chão da cozinha

Numa manhã quente de agosto de 1971, na aldeia de Bélmez, não muito longe da cidade de Córdova, no sul de Espanha, encontravam-se sentados na cozinha da sua casa uma mulher já idosa e o seu neto, uma criança de tenra idade, quando este descobriu, excitadamente, uma nova e divertida brincadeira; esta «brincadeira» aterrorizou a anciã e tornou-se um profundo mistério para o qual muitos cientistas, apesar de todas as experiências, em número considerável, até agora realizadas, não foram ainda capazes de encontrar qualquer explicação natural e lógica.

O mistério aprofunda-se

A criança descobrira um rosto humano que espontaneamente se imprimira na tijoleira do pavimento – um rosto de expressão angustiada, de uma tristeza infinita. Nenhuma espécie reconhecível de pigmento formara a imagem, cujos olhos se dilataram e a expressão de tristeza se acentuou quando os proprietários da casa, receosos e perplexos, tentaram raspá-la.

Alarmado e confundido, o dono da casa arrancou a tijoleira e substituiu-a integralmente por cimento. Porém, decorridas três semanas, surgiu um novo rosto impresso no pavimento, cujos traços estavam ainda mais claramente definidos.

O fenómeno atingiu foros que ultrapassavam o alcance de gente simples de aldeia, pelo que se tornou necessária a intervenção das autoridades locais. Estas ordenaram que se removesse uma secção do pavimento onde as faces tinham aparecido e iniciaram um inquérito de carácter oficial. Procedeu-se a escavações, que revelaram as ruínas de um cemitério medieval.

Desaparecimento misterioso

Após a segunda aparição, surgiram uma terceira e uma quarta, seguidas do aparecimento simultâneo de uma série de rostos. A cozinha foi fechada e selada. Mais outras quatro faces, incluindo a de uma mulher, apareceram da mesma forma misteriosa noutra dependência da casa. Finalmente, desvanecidas estas, o fenómeno desapareceu tão inexplicavelmente como surgira.

Numerosos cientistas espanhóis e estrangeiros visitaram a casa durante o tempo que duraram as aparições. Mesmo os mais cépticos revelaram-se incapazes de provar que as imagens provinham de mão humana. A sua perplexidade aumentou ainda quando se procedeu à instalação na casa de microfones ultra-sensíveis.

Vozes humanas

Estes microfones captaram sons não audíveis pelo ouvido humano – vozes masculinas e femininas e gemidos dramáticos, que fonética e linguisticamente diferiam do espanhol atual.

Não surgiu ainda uma explicação satisfatória para o fenómeno. Os especialistas ventilam a hipótese de se tratar de um fenómeno de parapsiquismo, em consequência de práticas ocultistas eventualmente realizadas no local na Idade Média, que um dia fizeram da casa teatro de algum terrível acidente de consequências trágicas.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options