Skip to content

Filão de ouro de Lasseter

Muito para além de Petermann Range, no escaldante deserto da Austrália Central, encontra-se o filão de ouro de Harold Bell Lasseter.

Lasseter, um homem de baixa estatura e entroncado que vivia na floresta, afirmou que descobrira o filão em 1897, mas necessitou de 14 anos para arranjar fundos que financiassem uma expedição. As dificuldades surgidas na primeira viagem foram tais que os exploradores se viram obrigados a desistir. Só em 1930 Lasseter pôde financiar uma segunda expedição que desenterrasse os tesouros que encontrara.

Um a um, os exploradores sucumbiram, vítimas do deserto, até que restou apenas Lasseter, com dois camelos, cego pela areia do deserto australiano. O seu corpo foi mais tarde encontrado numa gruta onde morrera de fome. Mas a sua lenda e a do seu filão vivem ainda na imaginação dos homens, tentando atraí-los para lá das montanhas Petermann.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options