Skip to content

Arati Saha é homenageada com um Google Doodle

O Google Doodle desta quinta-feira, dia 24 de setembro, ilustrado pelo natural de Calcutá e artista convidado Lavanya Naidu, celebra o 80º aniversário do nascimento da pioneira nadadora indiana Arati Saha. Em 29 de setembro de 1959, Saha nadou umas impressionantes 42 milhas de Cape Gris Nez (França) a Sandgate (Inglaterra), tornando-se a primeira mulher asiática a atravessar o Canal da Mancha – um feito considerado o equivalente no alpinismo a escalar o Monte Everest.

Arati Saha nasceu em 1940 em Calcutá, na altura pertencente à Índia Britânica. Aos quatro anos, ela aprendeu a nadar nas margens do rio Hooghly, e a sua habilidade precoce na água logo atraiu a orientação de um dos melhores nadadores competitivos da Índia, Sachin Nag. Sob a proteção de Nag, Saha ganhou a sua primeira medalha de ouro na natação quando tinha apenas cinco anos, e certamente não foi a última.

Um prodígio que bateu recordes com apenas 11 anos de idade, Saha tornou-se o membro mais jovem (e uma de apenas quatro mulheres) na primeira equipa a representar a recém-independente Índia nos Jogos Olímpicos de Verão de 1952 em Helsínquia, Finlândia. Aos 18 anos, Saha realizou a sua primeira tentativa de cruzar o Canal da Mancha e, embora sem sucesso, nunca desistiu do seu sonho. Pouco mais de um mês depois, ela conquistou quilómetros de ondas e correntes turbulentas para completar a jornada, uma vitória histórica para as mulheres em toda a Índia.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options