Skip to content

Nova utilização para corpos velhos

A recente descoberta que permite ao homem manter o funcionamento dos organismos através da utilização de coração, pulmões e rins artificiais levou o sociólogo Amitai Etzioni que se criem «bancos de cadáveres», utilizando corpos tecnicamente mortos – onde não se registem ondas cerebrais durante um período prolongado –, mas cujos órgãos, intactos, seriam mantidos em funcionamento, por meio de máquinas, a fim de produzirem vacinas e sangue para transfusões.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options