Skip to content

O estranho e maravilhoso mundo de Heath Robinson

Quem inventou uma máquina para fazer biscoitos de Natal? Ou um sistema que permita comer ervilhas sem ser necessário usar garfo ou faca? Todas estas ideias saíram da mente de William Heath Robinson – e nenhuma se destinava a funcionar.

Nascido em Londres, em 1872, Heath Robinson era um inspirado criador de banda desenhada, que satirizava máquinas complicadas mas inúteis, envolvendo uma quantidade de alavancas e roldanas ligadas com cabos. Estas bizarras geringonças eram essencialmente dispositivos para «poupar trabalho» que davam muito mais trabalho do que o sistema normal.

Estilo de vida automatizado

A sua obra-prima terá sido, provavelmente, a casa miniatura que construiu em 1934, para a exposição «A Casa Ideal», em Londres. Os seus ocupantes, um casal da classe média, desciam para tomar o pequeno-almoço por meio de cordas e através de alçapões existentes no tecto. À medida que aterravam nas cadeiras, o seu peso premia molas que colocavam um disco numa grafonola, ao mesmo tempo que espremiam um fole, fazendo sair o leite para o gato. No quarto das crianças, uma máquina empoava o rabinho do bebé.

Trackbacks

Nenhuns Trackbacks

Comentários

Exibir comentários como Sequencial | Discussão

Nenhum comentário

Adicionar Comentários

Les adresses Email ne sont pas affichées, et sont seulement utilisées pour la communication.

Para evitar o spam por robots automatizados (spambots), agradecemos que introduza os caracteres que vê abaixo no campo de formulário para esse efeito. Certifique-se que o seu navegador gere e aceita cookies, caso contrário o seu comentário não poderá ser registado.
CAPTCHA

Form options